25 de julho de 2007

Ofício de escrever

.
. A mão vacila
. ao conduzir
. a palavra
. sobre o papel
. tensa
. de desejo
.

Etiquetas:

5 Comentários:

At 25/07/07, 01:11, Blogger Teresa Duraes comentou...

A solução
quebra a razão
escorrer e naõ conter

boa noite :))

 
At 25/07/07, 02:14, Blogger maria carvalhosa comentou...

O desejo de escrever faz-se sentir, como um impulso incontrolável, a cabeça, em turbilhão, movimenta mil pensamentos por segundo, mas nem sempre a mão consegue acompanhar, com a velocidade e fluidez desejadas, o desiderato. E o momento pode passar... é nessa altura que ficamos a olhar, com mal digerido espanto e decepção, para a folha em branco.

Beijos.

 
At 25/07/07, 02:28, Blogger Fernanda e Poemas comentou...

Gostei muito da visita que fiz ao teu blog.
Parabéns
Beijos,
Fernandinha

 
At 25/07/07, 10:55, Blogger Entre linhas... comentou...

Tudo tem uma razao de ser,não existe causa sem efeito.
Bjs Zita

 
At 25/07/07, 11:42, Blogger Menina_marota comentou...

É na palavra não pensada, que sai o verdadeiro sentimento.

Gostei de estar aqui.
:)

 

Enviar um comentário

<< Página inicial