19 de junho de 2007

O regresso do tremontelo

Depois da colossal asneirada de querer transplantar o tomilho para o jardim em frente da casa, que deu em retumbante insucesso com a morte do frondoso arbusto, lá me apareceu um novo rebento, o que me diz que a coisa não está morta de todo. Tomilho limonado tenho lá disso aos montes. Tomilho ao montes, a rimar com alecrim aos montes, alfazema aos montes, sálvia e outras ervas aromáticas, tudo aos montes. Tomilho é que, enfim! ...

Etiquetas: , , ,

3 Comentários:

At 19/06/07, 01:37, Blogger mafalda comentou...

Ufa! Ainda bem que voltaste!... Já estava a pensar que, além de teres decidido largar o emprego, também tinhas mandado o blogue às "couves"... e eu que estava a gostar tanto de começar a conhecer-te (virtualmente, pois é claro, que é a maneira que temos de ir julgando que nos conhecemos uns aos outros).

Adorei o comentário que deixaste lá no Vento sobre o meu amor... ahah... isto escrito assim, fora do contexto, até parece outra coisa.
Bom, a tua análise está excelente e estás certo em quase tudo o que lá dizes, mas, acima de tudo, no meu amor pelos Picos. O afecto que tenho por aqueles sítios do coração (sim, porque é disso mesmo que se trata, ou do espírito, ou de qualquer outra coisa suficientemente forte, para nunca mais nos largar!) é, sem sombra de duvida, imenso e infinito - finito apenas porque eu também o serei...

Beijos. E até breve.

 
At 19/06/07, 14:18, Blogger Teresa Durães comentou...

E eu aqui a pensar porque alguém iria colocar tomilho na parte de frente da casa... Não tapamos todos a frontaria com lindas cores inúteis para disfarçar os montes que na realidade temos ? (ou a ausência destes, obviamente...)

 
At 19/06/07, 15:19, Blogger maria carvalhosa comentou...

Olá Rui,

Gostei muito da tua visita. A tua escrita continua a ser deliciosa, até nos comentários. Fiquei contente que nem uma menininha com os mimos que me ofereceste.

Até breve, com um beijo terno.

 

Enviar um comentário

<< Página inicial