25 de dezembro de 2014

Escrito hoje, porque só hoje poderia ser escrito.

Para me deixar maldisposto, rezingão e quezilento não há como os dias de natal. Digo dias, e não dia, porque a imoralidade já permitiu que a moléstia contaminasse os dias, se não as semanas, à volta dela. 

Poderia armadilhar 4 ou 5 argumentos válidos e robustos contra o natal, mas a razão não é para aqui chamada, que tem o seu lugar noutras ocasiões e noutras paragens. Falo dos sentimentos de mal-estar que a quadra me provoca. As razões são impessoais, e portanto discutíveis. Os sentimentos não são e ai de quem ouse discutir os meus! 

Os sentimentos provêm do acesso consciente às emoções, este tipo de comportamentos rudimentares gravados a escopro e martelo no nosso blackboard biológico muitos milhares de anos antes de andarmos a grafitar bisontes nas paredes das grutas. Ele é coisa que nos sai disparada muito antes do que vamos pensar quando houver tempo para isso. E fica aqui a ruminar, persistentemente, até putrescer gerando a má têmpera ou que se chama os maus fígados.

É essa a magia e o poder do natal: o de tornar-me azedo. 

Quando isso acontece, escrevo. A escrita é um poderoso lenitivo. Também escrevo, noutras alturas, quando estou bovinamente feliz.

Assim, fiquei a acreditar que a escrita nasce do corpo, das entranhas, das emoções. E que só mais tarde vem à cabeça buscar materiais e ferramentas de produção.

4 Comentários:

At 25/12/14, 10:04, Blogger magix comentou...

Boa ideia.

 
At 26/12/14, 16:59, Blogger Teresa Durães comentou...

Também não gosto do Natal, vale-me ter o meu filho cá e poder matar saudades dele. A filha ainda anda nestas paragens. Nem para escrever dá, vai para casa de, vai para casa tal, enfim, um desassossego. Conto o tempo, nunca mais passa.

Já passou. Quase fiquei feliz por vir trabalhar (note-se o quase....)

Nem peguei num livro, estes vais e vens deixaram-me cansada (para além de ter apanhado uma dor de garganta que já passou, devia ser psicosomática eheheheh)

Beijos

 
At 12/01/15, 17:56, Blogger Era uma vez um Girassol comentou...

Bom, para mim o Natal é mágico....
Mas respeito o sentir de cada um, principalmente quando escrita revela um sentido de humor apurado.
Depois, concordo que se escreve em "alta" ou "baixa"....que é quando a criatividade e inspiração andam de braço dado com as emoções....

 
At 01/06/15, 12:28, Blogger Uouo Uo comentou...

thank you

سعودي اوتو


 

Enviar um comentário

<< Página inicial