1 de junho de 2007

"Oh! Pode ter a certeza disso"

[Esta mensagem for removida pelo Administrador do blogue]

8 Comentários:

At 02/06/07, 20:17, Blogger Teresa Durães comentou...

não sei se ria, se desate a rir com a autobiografia e com o post ahahahah

boa agricultura!

 
At 02/06/07, 20:29, Blogger MYA comentou...

Era bom era.

 
At 04/06/07, 13:03, Blogger mafalda comentou...

Olá Perdido,

Acho excelente essa tua decisão. Terás medido, certamente, as consequências de a pôr em prática.
Gosto das alterações que fizeste no teu blogue. Dá a conhecer um pouco mais de ti.

Beijinhos.

 
At 04/06/07, 13:13, Blogger mafalda comentou...

Perdido,
Há pouco esqueci-me de te perguntar, mas desde o primeiro dia em que aqui entrei que me intriga: o que vem a ser isso de "orgulho de ser bright"?
Antecipadamente grata pelo esclarecimento.
Um beijinho.

 
At 04/06/07, 18:14, Blogger Perdido comentou...

O que vem a ser "bright".

Mafalda:

A maioria dos países deste planeta globalizado tem regimes que subordinam toda a visão do mundo (política, direitos humanos, ética, ciência) a uma visão teológica. São casos notáveis: o Santo Ofício e o Índex nos estados católicos no dealbar da idade moderna (que agora ameaçam o seu retorno a uma política de intolerância!), e os regimes islâmicos actuais (dos mais teocráticos aos mais ou menos laicos).

Estes exemplos são de arrepiar. Cientistas houve que morreram na fogueira por defenderem teorias científicas hoje comummente aceites. Outros renegaram as evidências científicas para preservar a pele.

O Ocidente, graças ao desenvolvimento do conhecimento, à revolução industrial, à prosperidade económica e ao acesso de todos aos bens da cultura, viu aparecer e consolidarem-se regimes democráticos, em que as minorias são respeitadas e os direitos humanos protegidos e defendidos.

O Ocidente, encabeçado pelos Estados Unidos, empreendeu recentemente uma luta contra o Islão teocrático para impor estados laicos e regimes democráticos.

Os Estados Unidos dizem-se ser a maior democracia do mundo o que constitui a maior mentira do século. Bush é o testa de ferro de uma sanguinária oligarquia ligada à indústria bélica e aos petróleos. Renegando a constituição democrática dos seus fundadores, a clique protestante no poder persegue todos os não crentes como se fossem traidores e anti-americanos fazendo lembrar a caça às bruxas do tempo do macarthismo. Os principais alvos do seu ódio integrista e fanático são os cientistas e os investigadores que propõem teorias científicas, do domínio da física à biologia, contrárias à doutrina da Bíblia. A título de exemplo, há movimentos para integrar nas escolas o ensino do criacionismo (teoria de que deus criou um número fixo de espécies) e eliminar as teorias darwinistas da evolução das espécies. A intimidação visa afastar das suas carreiras as pessoas notáveis da ciência, substituindo-os por medíocres submissos.

O movimento "bright" nasceu na Califórnia para dar força à minoria daqueles que se reivindicam de uma visão naturalista do real (ateus ou não) e afirmar pela positiva o orgulho de pertencer a essa minoria, um pouco à semelhança com o modo como se impôs na América o movimento "gay. É importante realçar que se pretende impor pela positiva não querendo ser contra ninguém. São "brights" personalidades conhecidas como o filósofo Daniel Denet e o sociobiólogo Richard Dawkins (autor do Gene Egoísta e proponente da teoria memética).

Isto foi escrito a quente e ao correr da pena, pelo que deves entender a ideia geral sem te fiares nos detalhes. Se quiseres investigar segue o link do meu blog que te dá acesso a mais informação.

Pessoalmente, devo acrescentar que adoro o mundo do maravilhoso (fadas, gnomos, duendes, deusas, mouras encantadas, o graal, o pai natal, o patinho feio e o rato Mickey). Não significa que acredite nele para explicar, desde as grandes questões da origem da realidade, o sentido da vida, até às pequenas coisas do quotidiano. A minha mundividência é naturalista, a minha démarche para o conhecimento é o método, as minhas decisões são tomadas racionalmente com base nos instintos com que a natureza me proveu. Tenho orgulho nisso e solidarizo-me com os que pensam como eu.

 
At 04/06/07, 23:29, Blogger Maria comentou...

Gostei de ler o perfil...
Vim aqui parar directamente do Thornlessrose.

Bom descanso!

 
At 05/06/07, 10:51, Blogger Teresa Durães comentou...

(mais um com as mouras encantadas... )
ó perdido, as mouras encantadas portuguesas são restos das crenças da lusitânia que os mouros não tinham água e grutas para tais histórias. A igreja deu uma ajudinha a entortar a história, assim como afirma que tivemos a reconquista cristã (que nunca existiu dado os Francos nunca cá terem estado nem éramos cristão). Certo é que mil anos depois ´tanto faz exultar D. Afonso Henriques como um herói mas na realidade foi um conquistador.

Quanto às fadas, não acreditas? Não as vistes :)

bom dia

 
At 05/06/07, 14:21, Blogger mafalda comentou...

Olá Perdido,
Muito agradecida pela elucidativa explicação relativamente ao que é ser "bright". De facto, quando procurei mais no fundo do teu blogue encontrei o link que referiste e fui lá "cuscar" mais umas curiosidades. Muito interessante.
Não me canso de repetir: todos os dias aprendo qualquer coisa!
Beijo amigo.

 

Enviar um comentário

<< Página inicial